segunda-feira, 18 de junho de 2012

Atividades de revisão para 3º ano


ESCOLA ESTADUAL JOÃO BREMBATTI CALVOSO
PROFESSORA APARECIDA CARMEN NEVES/DISCIPLINA LÍNGUA PORTUGUESA
ALUNO (A).....................................................................   ANO 3º TURMA....  PERÍODO...........

A TEORIA NA PRÁTICA
1.



                                                                                          Veja, 7 maio 1997.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              Na parte superior do anúncio, há um comentário escrito à mão que aborda a questão das atividades linguísticas e sua relação com as modalidades oral e escrita da língua.
Esse comentário deixa evidente uma posição crítica quanto a usos que se fazem da linguagem, enfatizando ser necessário
a) implementar a fala, tendo em vista maior desenvoltura, naturalidade e segurança no uso da língua .
b) conhecer gêneros mais formais da modalidade oral para a obtenção de clareza na comunicação oral e escrita.
c) dominar as diferentes variedades do registro oral da língua portuguesa para escrever com adequação, eficiência e correção.
d) empregar vocabulário adequado e usar regras da norma padrão da língua em se tratando da modalidade escrita.
e) utilizar recursos mais expressivos e menos desgastados da variedade padrão da língua para se expressar com alguma segurança e sucesso.

2. Identifique os vícios de linguagem e corrija-os:
a) Novidade inédita na área da informática e gestão.
b) Paulo comeu uma feijoada e sua irmã também.
c) Meu pai sofre de alopecia androgênica.
d) Meu irmão deu um tropeção, caiu no chão e machucou a mão.
e) Encontrou-se o elo de ligação entre PC e Collor.
f) Compre um refrigerante e ganhe grátis um copo.
g) Precisa-se de um rapaz forte para ordenhar vacas e uma empregada.

3. (Faap-SP)                 “Um, dois, três lampiões, acende e continua
                                    Outros mais a acender imperturbavelmente,
                                    À medida que a noite aos poucos de acentua
                                    E a palidez da lua apenas se presente.”
A oração que se inicia com o conectivo à medida que oferece à anterior uma ideia de:
a) proporção                                                                       d) tempo
b) concessão                                                                       e) condição
c) consecução

4. (UCDB-MT) “Embora ele tivesse feito os exercícios, não conseguiu entender a matéria.”
Iniciando o período com “Ele fez os exercícios...” e mantendo o mesmo sentido do período inicial, devemos usar:
a) porque                                                                             d) ainda que
b) mas                                                                                 e) assim
c) por conseguinte

5. (Mack) No período: “Minha mãe hesitou um pouco, mas acabou cedendo, depois que o padre Cabral tendo consultado o bispo, voltou a dizer-lhe que sim, que podia ser”, a expressão depois que morfologicamente, é:
a) locução prepositiva                                                            d) advérbio de modo
b) advérbio de tempo                                                             e) expletivo
c) locução conjuntiva

6. (UFPI) Em que alternativa a expressão destacada é um complemento nominal?
a) O livro de que tínhamos necessidade foi extraviado.
b) A cadeira em que nos sentamos era velha demais.
c) Era grande a alegria de que estávamos possuídos.
d) A pessoa a quem me refiro é teu amigo.
e) A rua em que estivemos está obstruída agora.

7. (UFSC) No período: “Avisou o pai, que caminhava para a lavoura”, a palavra que classifica-se morfologicamente como:
a) conjunção subordinativa integrante                                           d) partícula expletiva
b) pronome relativo                                                                   e) conjunção subordinativa causal
c) conjunção subordinativa final

8. (FEI-SP) Identifique a alternativa correta quanto à ocorrência da crase:
a) Estamos à espera de vaga.
b) Refiro-me à alunas ausentes.
c) Transmita o recado à Sua Excelência, por favor.
d) Começou à transcrever, uma a uma, as regras gramaticais.
e) Comprou roupas caras e pagou à ela.

9. (UFPE) Identifique a alternativa em que o uso da crase não atende à norma padrão:
a) Ela chegou às pressas para resolver o problema.
b) Ela decidiu que todos iriam a pé, mas somente à noite.
c) Refiro-me àquelas normas de trânsito que havíamos estudado juntos.
d) Confesso a você que nem sempre obedeci às ordens de meu pai.
e) Em discurso, o candidato fez referência à decisões do seu patrão.

10. Assinale a alternativa em que ocorre um advérbio de modo:
a) Anteriormente eles haviam dito o contrário.
b) Sempre esperei este dia.
c) Ninguém viajará para cá.
d) Não reagiu favoravelmente ao discurso.
e) Há pessoas mais antigas que você.

11. A pontuação está correta em:
a) José dos Santos paulista, 23 anos vive no Rio.
b) José dos Santos paulista 23 anos, vive no Rio.
c) José dos Santos, paulista 23 anos vive, no Rio.
d) José dos Santos, paulista 23 anos, vive no Rio.
e) José dos Santos, paulista, 23 anos, vive no Rio.

12. Empregue corretamente a vírgula nas frases abaixo e justifique.
a) Antônio amigo de Rodrigo já voltou de viagem.
b) Maria ó Maria venha cá.
c) No parque às 5 horas houve um belo show.
d) Perderei meu emprego que é meu sustento mas arranjarei outro.

13. Nas questões que seguem, ocorrem duas frases isoladas. Relacione-as, conforme o tipo de relação proposta, utilizando a conjunção adequada.
a) Ele se esforçou bastante. Ele não conseguiu.
relação: adversativa
b) Presta atenção. Trata-se de um assunto muito importante.
relação: explicativa
c) Fique quieta. Expulso a senhora da sala.
relação: alternativa
d) As árvores balançam. Está ventando.
relação: conclusiva

14. Reescreva as frases, ligando as orações com a conjunção coordenativa pedida entre parênteses:
a) A menina chegou. Saiu. (coord. aditiva: e, nem, ...)

b) Fomos até o teatro. Não conseguimos entrar. (coord. adversativa: mas, porem, contudo, todavia, ...)

c) Chovia. Fazia sol. (coord. alternativa: ou, ora ... ora, já ... já)

d) O aluno estudou bastante. Aprendeu tudo. (coord. conclusiva: logo, portanto, por isso, ...)

e) Venha cá. Quero pedir-lhe um favor. (coord. explicativa: pois, que, porque, isto é, ...)

15. Complete com a, à, as, às e escreva sua regra:
a) Preferimos andar ... pé.
b) Vestiu-se ... Luís XV.
c) Eu sou aquele amante ... moda antiga. (Roberto Carlos)
d) Entre na primeira ... esquerda e depois vire ... direita.
e) A visita, ao chegar, bateu ... porta.
f) Nas férias, faremos uma excursão ... famosa Ouro Preto.
g) Dei seu endereço ... Pedro.
h) Ficou ... estudar a tarde toda.
i) O marinheiro, contente, voltou ... terra sorridente.
j) Dei ... ela o seu recado.
k) Em casa, todos gostam de pizza ... napolitana.
l) Tudo o que o palhaço contava ... crianças era cômico.
m) Você já foi ... Cataratas do Iguaçu?

16. Escolha no quadro as preposições essenciais adequadas e complete as orações:
 
a – de -  sob – sobre – por – contra – com – por – em – para – até

a) Quando iremos ..... Santos?
b) Fazia tanto frio que ele usava luvas ........ couro.
c) O seu livro está ........... a mesa.
d) O rapaz passou ............... aqui.
e) Gilmar lutou ............. o campeão.
f) Tudo estará bem ......... você amanhã.
g) Vamos caminhar ....... o mar.
h) Podemos deixar isto ........... outro dia.
i) É gratificante viver ........ paz.
j) Ele é mudo. Comunica-se ...... gestos.

17. Identifique as figuras de linguagem que ocorrem nas frases seguintes:
a) Gostava de ler Machado de Assis.
b) “Vamos dormir dos astros sob o manto.”
c) “Vossa Senhoria pode ficar descansado.”
d) Os brasileiros choramos a derrota do esquadrão canarinho.
e) Antônio é um bom garfo.
f) Meu filho não foi feliz nos exames.
g) “O mito é o nada que é tudo...”

18. (FMU-FIAM-SP) Na expressão:”... a natureza parece estar chorando...”, do ponto de vista estilístico, temos:
a) antítese                                                  d) personificação
b) polissíndeto                                             e) eufemismo
c) ironia

19. Nos períodos seguintes dê a função sintática do pronome relativo.
a) O sol, que é uma estrela, é o centro de nosso sistema planetário.
b) O filme cujo artista foi premiado não fez sucesso.
c) Os trabalhos que faço me dão prazer.
d) Os filmes a que nos referimos são italianos.
e) A menina bonita que ela era hoje é uma mulher judiada.
f) O filme a que fizeram referência foi premiado.

20. (Fuvest) Nas passagens: ”Bebi o café que eu mesmo preparei...” e “...pensando na vida e nas mulheres que amei”, tem o que a mesma função sintática? Justifique a resposta.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

21. “A vida é um jogo e o destino, um parceiro temível (...)” (Érico Veríssimo)
     No trecho acima, ocorre uma figura de palavras e uma de construção. São elas:
a) metáfora e assíndeto                                        c)metonímia e elipse
b) metonímia e silepse                                          d) metáfora e zeugma

22. (U.F.Viçosa) Assinale a figura de linguagem encontrada na frase:
“Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor.”
a) perífrase                                                         d) alegoria
b) silepse                                                            e) sinédoque
c) catacrese
                                                         
23. (Cescea) Identifique os recursos estilísticos empregados no texto:
“Nem tudo tinham os antigos, nem tudo temos, os modernos.”  (Machado de Assis)
a) metáfora – antítese – silepse                                d) pleonasmo – antítese – silepse
b) anáfora – antítese – silepse                                  e) anástrofe – comparação – hipérbato
c) anástrofe – antítese – zeugma

24. Na seguinte situação de comunicação, identifique cada um dos elementos do processo de comunicação:
     Um motorista avança o sinal vermelho. O guarda de trânsito apita. O motorista para.
a) Quem é o emissor?
____________________________________________________________________

b) Quem é o receptor?
____________________________________________________________________

c) Qual é a mensagem?
____________________________________________________________________

d) Qual é o canal de comunicação?
____________________________________________________________________

e) Qual o código utilizado?
____________________________________________________________________

f) Qual é o referente?
____________________________________________________________________

25. Leia com atenção o texto a seguir e assinale a alternativa que identifica corretamente a função da linguagem que nele predomina e justifique sua resposta. 
Vexames

Muita gente não sabe usar um celular. Veja o que você não deve fazer com ele.
. Não ande com o celular pendurado na calça. Fica feio. Guarde-o na mochila. Dá para escutá-lo do mesmo jeito.
. Desligue o celular durante as aulas – ou em lugares públicos, como o cinema. Depois você acessa a caixa postal e pega a mensagem.
. Nunca telefone durante a aula. Não adianta se abaixar, nem cobrir o celular com o cabelo. As pessoas vão perceber que você está no celular.
. Quando estiver com apenas uma amiga, não fique horas falando no celular.
. Não fique oferecendo o seu telefone só para ser simpática. Lembre-se da conta que vai chegar.
                                                                                                  Capricho, 21 nov. 1999.
a) referencial
b) poética
c) fática
d) metalinguística
e) conativa
_______________________________________________________________________________________


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário